Bem Vindo ao site da Prefeitura Municipal de
São Carlos do Ivaí

Mais de 40% dos doadores de sangue são jovens de 18 a 29 anos


=Mais de 40% dos doadores de sangue são jovens de 18 a 29 anos

Jovens entre 18 e 29 anos são os brasileiros que mais doam sangue, 42% do total, indica o Ministério da Saúde. Segundo a pasta, 1,6% da população do País é doadora, índice superior ao recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de 1%, mas que ainda pode melhorar.

Do total de doadores, 60% são homens, que podem doar até quatro vezes por ano, enquanto mulheres podem fazer três doações anuais. Em 2017, foram coletadas mais de 3,35 milhões de bolsas — e uma só doação pode beneficiar até quatro pessoas. Existem, no Brasil, 32 hemocentros coordenadores e 2.034 serviços de hemoterapia, que incluem hemocentros regionais e unidades de coleta e transfusão, entre outros. Os endereços dos hemocentros podem ser conferidos na página do Ministério da Saúde.

Para tornar o atendimento a pacientes e doadores mais eficiente neste ano, o Governo do Brasil vai investir mais de R$ 1,8 bilhão na área de sangue e hemoderivados, como na estruturação e modernização das unidades, qualificação dos profissionais e fornecimento de medicamentos de alto custo aos pacientes portadores de doenças hematológicas.

Condições

Nesta época do ano, com a chegada do inverno, férias e festas juninas, são registradas baixas nos estoques de sangue, que é indispensável em transfusões, cirurgias de grande porte e tratamento de doenças crônicas e câncer. Para se tornar um doador e ajudar quem precisa, basta ter mais de 50 quilos, ter entre 18 e 69 anos e estar em boas condições de saúde. E não se esqueça: no dia da doação, não ingira bebidas alcoólicas, não faça jejum e leve um documento com foto.

A doação dura somente 40 minutos, incluindo os testes e lanche ao final. Logo após, o doador deve aumentar a ingestão de líquidos, manter o curativo no local por, no mínimo, 4 horas, não fumar por 2 horas, evitar grandes esforços físicos e bebidas alcoólicas por 12 horas e não dirigir veículos de grande porte ou trabalhar em andaimes.

Quem está com febre, gripe ou resfriado, ou grávida não pode doar, bem como pessoas que usam alguns tipos de medicamentos; fizeram tatuagens ou piercings nos últimos 12 meses; passaram por alguma cirurgia nos últimos meses; tiveram hepatite até os 11 anos; tiveram malária ou têm evidências de hepatite B ou C, vírus HIV ou HTLV e doença de Chagas. Em caso de dúvidas, procure o hemocentro da sua cidade.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Mais notícias